26 de jan de 2009

Entrevista com Relry (GOIÂNIA GANGSTA)


Relry,Aldenize,WG e o Billy Gangsta.



Vanguarda: Se parasse pra olhar a cultura ao teu redor,o que voce diria sobre ela?

Relry: “Eu vejo a cultura em GERAL ( principalmente a vertente RAP ) como se fosse uma via de mão dupla onde não existe fiscalização nem uma para multar os infratores” , ou seja : hoje em dia qualquer um chega e faz o que quizer no rap , as pessoas confundem liberdade com libertinagem , eu não vejo problema algum em a pessoa expor seu pensamento ( por mais liberais ou conservadores que sejam ) o que eu acho ruim é que hoje no rap a insidencia de pessoas que começam sem nem um tipo de estrutura psicologica é muito grande ( se bem que isso tambem ocorre em outros elos da corrente , por exemplo na discotecagem e no grafit )…e um dos agravantes ( no rap ) é que estas pessoas não esperam o tempo necessario para o amadurecimento de suas ideologias , a pessoa começa num dia e no outro já está alugando salões para se apresentar , éssa pessoa arruma uns “baba-ovos” na internet e já sai espalhando seus sons em myspaces e comunidades , isso é um “prato cheio” para pessoas que estão a procura de motivos para denegrir as vertentes da cultura . Outro fator negativo que vejo : O rap sempre lutou por informação , e quando essa informação veio ela chegou de uma forma “satuarada” , ou seja ( nesse caso ) em grande quantidade e de uma só vez , algumas pessoas não assimilaram essa grande “avalanche” e isso fez com que surgisse dentro do rap “uma concorrencia bastante morbita” , a pessoa pensa que para um subir ao menos três devem cair …e nessa corrida toda o pessoal acaba esquecendo do conteúdo sadío e do ativismo ( que estão entre as primissias de um bom rap ) .Mas eu tambem vejo um pouco de evolução no rap e em geral , eu acho muito bom pois a nossa cultura sentiu – se na necessidade de se oxigenar ..e nessa “tragada de idéias” varios novos talentos apareceram , isso é bom . Mas resumindo : “ Eu vejo a cultura hoje em dia como algo bem proximo de uma decisão , algo que vai ditar por muito tempo os proximos passos desse nosso estilo de vida e assim por diante até que se apareca novamente a necessiadde dela se auto oxigenar novamente . (((ps: falei mais do rap por que é nele que eu estou em carater mais efetivo e é sobre ele que eu entendo mais )))


Vanguarda: Voce acha que tem problema um MC aparecer na midia (televisao,radio,revistas...) ?

Relry: Eu acho mais que normal , até mesmo por que a midia é como qualquer outro rival seu em algum jogo , ou seja : ela está para te encurralar , mas se você fez por onde e estudou as estrategias então ela jamais vai te deixar numa saia justa , porem ir á midia não deve ser encarado pelos rappers como só mais uma “audacia” ,eu acho que pelo fato de ser uma cultura ainda discriminada em termos ideologicos á pessoa que vai por ventura nos representar na midia precisa não ficar encantuada e ainda passar uma mensagem de “vença seus desafios” , no caso de um mc sería como se fosse um cirurgião iraquiano trabalhando nos estados unidos ( traduzindo : ele precisa ser duas ou três vezes melhor que os já á disposição ) .


Vanguarda: Voce apareceria?

Relry: Sim eu apareceria sem nem um problema , até mesmo por que eu não iria na midia para mostrar o que ela quer de mim ..mas sim para exemplar aos outros o que eu quero dela , eu acho que a midia sempre foi e sempre será uma faca de dois gumes , ela pode te por no auge e ao mesmo tempo pode te redizir á pó ..então isso depende de cada um …quem vive na rua sabe que num motivo o seu destino muda de pior para óbito ..então na midia é assim , se vc dér motivo já era , porem se conspirarem contra vc e as pessoas que compõem a cultura verem que vc não deu motivo e que tudo não passa de um “tapetão” então elas vão te apoiar e ficar contigo , daê o bom em ser verdadeiro e sobrio ao tomar decisões , é como se tudo fosse uma “guerra” , um soldado numa guerra precisa saber manusear bem sua arma ou então ela não valerá de nada numa hora crussial …a midia é do mesmo jeito : se queremos usa-la como uma arma ao nosso favor então temos que saber “manusea-la” .


Vanguarda: Como voce ve as coisas ao seu redor,como o governo,ou a midia 'tentando' ajudar o HipHop.
Acha mesmo que eles querem vitoria pra cultura?

Relry: Na verdade até no seio de nossas proprias familias as vezes fazemos algumas coisas em troca de outras , as vezes fazemos algo visando um outro algo de maior bem querer , então na midia não é diferente , se você souber usa-la então concerteza você conseguirá positividades , porem se ela é quem te usar então esses próls ficarão todos com ela , na vida muita coisa é desgraça porem de graça mesmo não tem nada , e isso serve tambem para o governo , tanto é que para se elegerem alguns politicos gastam uma grana três vezes superior á sua remuneração total equivalentes aos seus 4 anos de mandato , precisa dizer mais algo ? acho que não né .

Vanguarda: Concorda que o RAP precisa de muito mais do que só MC's,assim como produtores,um pessoal que filme,divulgue,
e outras coisas tambem envolvidas?

Relry: Concordo sim , tudo para andar precisa de “ferramentas e engrenagens” e isso seria algumas das boas “ferramentas” que o rap precisa , tipo podem voltar no tempo e verem o quão inferior era a qualidade do cinema nacional se comparado ao atual , isso se deu pelos novos “investimentos” e materiais novos incorporados ao seguimento como por exemplo “temas” “roteiros” “folclore” e novos atores emergentes para dar um gás comercial e ideologico na coisa . Quantas pessoas você acha que viram “antonia” por causa do taide e da negta li ? ..com certeza foram muitas , muitas pessoas tambem viram “carandirú” por causa do sabota ( mesmo sendo fracionaria sua aparição ) , então isso no rap agiria da mesma forma , hoje pelo que tudo indica essa nova afirmação é questão de tempo para entrar em funcionamento , pois já temos varios rappers ( principalmente gringos ) tomando de “assauto” a cena nas telonas e aqui no brasil isso tambem tá começando ..ja temos alguns rappers aê se engressando nessa área .Eu acho que quanto mais estão envolvidas coisas que não são propriamente da cultura maior é o nosso campo de influencia , fazer rap só pra rappers e fazer cultura só pra cultura em sí sería o mesmo que um crente pregar a palavra pra outro crente , é logico que tudo deve ser feito dentro dos parametros e dos limites do bom senço , porem expandir é preciso.


Vanguarda: Bom,ja ouvi falar de um livro,que voce esta escrevendo,é sobre o que exatamente? E qual o nome?

Relry: Eu posso até não ter a grana que teve o shakespeare e nem a mesma sorte que teve charles bukowski mas garanto que minha obra não perde em nada para qualquer um deles , hoje em dia é dificil falar de grandes nomes , pois a pessoa se quer leu um livro de shakespeare mas não consegue acreditar que um pobre conteporaneo possa fazer melhor que ele , meu livro é uma coisa de momento particular ..é uma coisa de inspiração verdadeira , eu não o estou fazendo para terminar e sim para ficar alguns degrais acima de otimo , e isso não importa se eu vou lançar ele na net ou em papel original …o que importa é que será o melhor , isso para daqui 2 ou 200 anos alguem ou aguns em geral pararem e dizerem : “ viram esse livro ? não teve a divulgação de bertrand russel mas é excelente” , eu quero fazer algo para ficar na historia e eu sei que mesmo depois que eu morrer a historia vai continuar ..é logico que eu queria entrar para a historia em vida porem como estou pensando em “fazer” e não em “ horario” então a ordem dos tratores não altera o viadulto , éssa é a primeira vez que eu falo tanto assim do meu livro em publico ( aliás nunca falei sobre detalhes para ninguem ) mas ele é sobre uma pessoa que observa os mais variados tipos de situações que ocorrem no mundo e dái vai tecendo seus pontos de vista sobre cada uma delas (Hora ele narra …hora ele vive )é logico que de engraçado á tragico vai ter nesse livro , eu não posso adiantar muito mais eu garanto que a leitura desse livro que mistura religião , sexo , politica , falsidade , verdades e sarcasmo vai leva-los a uma das maiores viagens teoricas que vocês já engressaram …e olhem que isso pode até passar de teorico para prático , o nome do livro é : NOSSOS CEGOS OLHOS ABERTOS “…SEU DIARIO INCONCIENTE” . já está em 55% de seu total e as vezes até eu mesmo que estou escrevendo “viajo” e até me assusto em alguns pontos. No mais até o lançamento.


Vanguarda: O que voce esta ouvindo ultimamente,e o que voce costumava ouvir?

Relry: Eu ouço muito som gringo , eu não acho legal ouvir tanto rap nacional assim ao tempo e a medida que estou sempre escrevendo , eu escuto RBL ( que pra mim é um dos melhores ) , ouço tech n9ne , above the law , eminem ( sou fã do eminem ) e escuto tambem muito gangsta antigo tipo nwa, bg knoccb e outros , nacional eu escuto muito pouco ( porem escuto tudo que se é lançado para que eu possa ter uma resenha critica sobre a cena atual , mas como laser e interassão eu ouço pouco nacional )
Alguns grupos e rappers como black alien , shawlin , e três que eu sou fã de carteirinha , que são : meu parcero de grupo WG , meu amigo e parcero de córre lethal ; e o grande eduardo uzzy “ o caçador de harmonia” ( ambos aqui de goiania ) eu escuto muito . fora isso é só o de prache mesmo que eu gosto desde antes de eu ser esperma a 27 anos atrás ..tipo : raul seixas , zé ramalho , legião urbana , titãs , bezerra da silva ..esses eu ouço sem moderação.

Vanguarda: O que voce espera do RAP nesses proximos anos?

Relry: Bom … eu espero uma maior “afirmação” o rap atualmente está conhecendo um pouco dos seus limites ( aliás o rap está vendo que não possui limites ) o rap está sentindo o gosto do poder ( mesmo que isso não seja “comestivel” para todos ) mas hoje o rap é o som que vende , o rap é o estilo que lota as casas de shows , o rap é o que embala as pistas ..até de quem nunca pensava em ouvir rap,e depois que isso tudo passar e vir a maré de reflexão eu espero que o “rap” pense bem no que é capaz e escolha bem o rumo a tomar , pra se ter uma ideia só em 2008 o 50 curtis faturou mais de U$ 150 milhões , aqui no brasil temos os racionais que já possuem mais de milhões de reais em grana e patrimonio …em varias as partes do mundo o rap enriquece quem escreveu um dia suas letras em papel de saco de pão ( logico que ficar rico não é e nem deve ser o fóco principal ) mas não podemos eximir e não aceitar isso como fato ( mesmo que ainda isolados ) , então eu espero que o rap seja mais objetivo a cada dia e a cada mc que faça sucesso , eu espero que o rap não seja nunca uma coisa findavel e limitada . E o mais importante : eu espero que caia por água abaixo alguns esteriotipos que rondam o rap ..como por exemplo : “ para fazer ou ser rapper é preciso que primeiro a pessoa tenha sido bandida ou algo que não preste” , “para ser ou fazer rap é preciso ser pobre e só cantar os seus lamentos do dia a dia” ( a musica é universal ) , eu espero muitas coisas do rap nesses proximos anos ..e essas são algumas delas.


Vanguarda: E o CD do GOIÂNIA GANGSTA,ta previsto pra quando?

Relry:
O cd do nova era attack ( goiania gangsta ) está previsto para dezembro de 2009 ..e acho que as previsões vão sim se cumprir com a graça de Deus , podem esperar um album de rap nacional diferente de tudo que já escutaram , podem esperar qualidade , letra , diversidade e muito mais em todos os sentidos que se ligam diretos e indiretamente a paralvra “RAP” , o que a maoiria já viu em termos de goiania gangsta pela internet a fóra não chega nem aos pés do que está por vír , posso citar como exemplo os sons “ 1 ser verdadeiro” , “ deja-vú” , “ contra-mão” e “culpa de quem” entre outros que no momento prefiro aguardar segredo , eu tenho tambem a musica “PROVINCIA 2” mas não crêio que eu deva lança-la no cd ( por conter conteudo que possoa causar conflito em hora errada e em mentes não apropriadas para ouvi-la ) , acho tambem que em meados de maio ou junho alguns desses sons já estarão disponiveis para downloads como forma de divulgação desse nosso album de estréia . O titulo ainda não esatá definido , mas o album contará com faixas ineditas em toda a sua confecção. No mais esperem o lançamento.


Vanguarda: O porque de 'Branco Tipo 'A',da onde vem o apelido?

Relry: Na verdade o vulgo branco tipo “A” surgiu como uma brincadeira ..uma forma de protesto ( sarcasmo ) , uma vez na net eu criei uma pagina e perguntei sobre uma frase dos racionais “ preto tipo A” e indaguei : “será que eu podería me intitular um tipo A mesmo sendo branco?” ,muita gente achou estranho … já eu acho o modo de som deles um tanto quanto racista ( mas isso já é outro assunto ) daê eu disse : “pois vou fazer o teste , vou usar uma peita com a frase ‘branco tipo A’ e vou á alguns bailes rap com ela para ver a aceitação e o que os outros falam” e assim eu fiz ( naquela epoca de cada 10 pessoas num baile 8 usavam uma camisa com o dizer : preto tipo A , mesmo sendo brancos ou não rappers etc..), daê resolví colocar no lugar do meu nome no orkut e no msn e aos poucos as pessoas foram se acostumando e eu tambem resolví por adotar esse vulgo , no começo da aceaitação eu achei muito bom pois como a maioria sabe eu não sou de segurar as palavras , sempre falo o que quero independente do que possa acontecer …então era viavel pois meu nome RELRY continuaria intacto e todos os que se sentissem ofendidos iriam então atacar o “branco tipo A” ..mas fui amadurecendo as ideias e ví que independentemente do vulgo ou do nome eu tenho mesmo é que falar o que eu quero ..então passei a associar de forma bastante natural o relry com o branco e meus amigos tambem ..tipo muita gente me chama de relry e de branco de forma bastante natural , mas na verdade é tudo como falei ..começou mesmo com uma brincadeira ( coisa que gosto muio de fazer ) .


Vanguarda: Quais sao suas influencias n RAP e fora do RAP?

Relry: Eu escuto muita coisa no rap e fora do rap , mas influencia eu não tenho nem uma , para se ter influencia é preciso se identificar demais com a outra pessoa ou banda e na verdade de modo sentimental e pessoal eu não me identifico tanto assim com nem um rapper ou outro cantor . logico que gostar de outros mcs e grupos eu gosto ..mas não ao ponto de me sentir influenciado pelo que ele fazem ou falam e se alguma coisa em comum vier a tona será apenas uma grande conhicidencia ( coisa que é normal onde se lidam com palavras e informação ) . Eu na verdade acho que tenho bagajem de sobra dentre tristezas e alegrias , vitorias e derrotas para me espelhar em mim mesmo e fazer os mais “loucos” sons possiveis .


Vanguarda: Relry,diz um pouco sobre o GOIÂNIA GANGSTA.Como começou e qual é a formaçao?

Relry: O goiania gangsta começou em 95 numa “separação” do grupo mwn e da posse “irmandade gangsta méta” eramos todos uma ‘familia’ corriamos todos por um só e um só por todos , mas depois de confitos de interesses pessoais resolvemos então nos dissipar ..daê surgiu um novo mwn , um grupo chamado “goiania crime” e nós “GOIÂNIA GANGSTA” ( é bom lembrar que antes disso o grupo mwn já cotava com uma formação anterior ) . mwn significa : “musica em wats nuclear” e eles estão voltando a cena depois de muito tempo ( qualquer novidade vide meu perfil ) a formação deles atual conta com o rapper mauricio e com o negro will , o goiania crime que tambem é uma das vertentes disso tudo conta hoje com meu antigo parcero de grupo “criolo” ( que tambem é ex integrante do grupo guind’art 121 ) e com o rapper “sangue-b” o goiânia gangsta ficou na época comigo, com o fabio-G e com o billy gangsta ( esse ultimo que depois da “separação” tentou fazer carreira na dança mas acabou voltando as suas origens de mc ) hoje com a saida do integrante Fabio-G , com a entrada dos mc’s WG e Dérick contamos tambem com a otima back voval “Aldenize” e assim formamos o GOIANIA GANGSTA somos pioneiros no estado fazendo o estilo “gangsta-som” ( embora alguns de nós já tenhamos sido parte do estilo gangsta-life , mas isso tambem é outro assunto ) fazemos parte da posse de rap goiano T.N.T ( trama dos nobres terroristas ) .


Vanguarda: O que voce acha do movimento HipHop de Goiania? Acha que esta crescendo bem?

Relry: Eu acho que o movimento hip hop de goiania é um dos melhores que exite , pois aqui a maioria dos grupos não são esteriotipados e cantam o que querem sem seguir o “sistema da tragedia pelas verdes” que funciona em outros estados e com outros grupos ( sem generalizar ) , logico que a qui tambem tem os “maria vai com as outras” e tambem os que cantam por cantar e rimam por parecer , sei tambem que goiania ainda não conta com tvs , radios e revistas especializadas em rap , mas aqui tem a melhor coisa do mundo ..a “sinceridade” …a maioria ( a grande maioria ) do povo aqui é sincero , então quando você ouve falar que seu som está bom então quem disse realmente gostou do que ouviu . O movimento aqui esatá crescendo proporcionalmente á sua estrutura ..e isso é bom , pois é como uma casa edificada na rocha.


Vanguarda: Voce acha que no Brasil ainda poderao viver do RAP,assim como em outros países?

Relry: Sim , aqui já tem pessoas e grupos que vivem do rap , é bastante minoria mas tem , tipo o racionais vivem do rap e derivados , o gog , o face da morte , e alguns outros , por exemplo o otimo D2 e o “humilde” *happin hood ..eu acho que de acordo com que as coisas andam em um curto espaço de tempo esse contingente poderá crescer e assim então novas pessoas e formações da nossa cultura poderão viver do rap , eu não queria viver do rap , eu prefiro ter meu trabalho e viver bem um dia atraves dele do que viver do rap , eu não quero fazer rap como “dever” …mas isso é algo pessoal meu , cada um cada um .


Vanguarda: O que voce acha da influencia da mulecada nova que ta começando no RAP hoje?

Relry: Na verdade a molecada nova tem bastante coisa pra estudar antes de se deixar influenciar por esse ou aquele grupo ou rapper , os que estão na cena maestrain se dividem entre bons , ruins , verdadeiros e vendidos , e isso quase do mesmo jeito que se encontra a cena under ( pois tem muitos que não se venderam por falta de oportunidade ) ,então eu aconselho a quem está começando a estudar bem a cena e a rever seus conceitos antes mesmo de começar a expo-los , o principal de tudo é ser verdadeiro , eu não vou indicar o que escuto por que não sei se o que é bom pra mim é bom pra outra pessoa , mas desejo do fundo do meu coração uma boa sorte e muita fé na caminhada dos novatos que estão chegando aê.


Vanguarda: Você diz que quer ser o melhor rapper de todos, você acha que se todos tivessem essa "ambição", o RAP hoje estaria mais evoluido?

Relry: Na verdade só da pessoa querer ser o melhor pra ela mesma já é muito bom , eu quero ser o melhor sim , e acho que para isso eu não preciso “derrubar” ninguem , então acho sim que seria bom e sadío para o rap se todos pensasem assim , ou seja “ não derrubar ninguem para poder subir” ( isso por que querer ser o melhor todos já querem , por mais que não falem , o que vem ao caso é os subterfugios que a pessoa usa , esses não podem ser improcedentes , o resto é válido ..uma certa concorrencia é boa para ajudar a aflorar a criatividade ) .


Vanguarda: Na musica "Provincia" você critica alguns estilos do Rap, você acha que ja passou do tempo de falar só em morte?

Relry: Eu não acho que já ouve um tempo em que fosse preciso falar de morte , na verdade já se falou e ainda se fala muito em morte …mas não que seja preciso , todo mundo sabe o que acontece no país e em seus pontos de habitação mais remotos , eu crêio que para cada “doença” exista um tipo de “remedio” e o remedio para a morte está no ativismo prático e não em musicas sem notas e sem objetivos solidos que ultrapassem as bpm’s do nosso radio , fazer uma musica falando de morte pra quem vive na periferia é como querer ensinar o “pai nosso” ao papa , tipo já se tornou uma coisa banal , quem aqui não sabe que a policia mata ? quem aqui não sabe que o crime não é vida ? …o sistema ? hummm te garanto que não , o sistema é o que mais sabe disso , então querer sacodir as estruturas do plenario com um som que fala o que todos já sabem é mais dificil que vender sorvete para eskimó , eu acho que o rap tem outros compromissos maiores que falar de morte pra quem vive na guerra ou falar de guerra pra quem tá entrincheirado …eu acho que é justamente ao contrario , tipo : leve alegria a quem está triste , leve comida a quem tem fome , …Eu não vou levar morte a quem está a beira do abizmo , eu vou fazer ao contrario ..eu vou levar vida ao meu povo que está a beira da morte . Quanto a musica “PROVINCIA” criticar alguns estilos de rap eu acho que não é bem por aí ( pelo menos de minha parte ) pois fiz o que achei ser certo ..daê sentir-se “criticado” já vai da opinião de cada um e do tamanho da carapuça .


Vanguarda: Sabemos que vc é muito critico, você não tem medo de se contradizer? E não tem medo desse seu "estilo" venha prejudicar a sua carreira?

Relry: Não , eu não tenho medo de meu proprio estilo preojudicar minha carreira , pra começar eu não tenho o rap como “carreira” ( algo pessoal meu ) , eu tenho “tecnico em transações imobiliarias” como carreira , rap eu tenho como estilo de vida , e eu tambem não tenho medo de cair em contradição ( só não muda de ideia que não tem idéias pra mudar ) eu tô aê pro que dér e viér ..se hoje eu falar mau e amanhã eu falar bem então é por que ontem eu odiava e hoje eu amo , eu vou fazer e falar o que eu quero e o que eu gosto ..até o fim . “ eu prefiro ouvir o que não quero por ter dito o que eu quis do que ouvir o que quero com vontade de falar o que não posso” .


CONSIDERAÇÕES


Relry: Eu agradeço a toda a familia “vanguarda do rap nacional” a qual eu com muito orgulho tambem faço parte , e peço que esperem com paciencia e que acreditem que seu tempo não será em vão , pois o album do goiania gangsta e o livro que citei serão as melhores coisas ( cada uma em seu segmento ) , obrigado ao apoio de todos e principalmente aos meus parceros e colaboradores aqui de goiania , paz geral e fiquem com Deus .



E-mail pra contato: relry_alves@hotmail.com

Myspace : www.myspace.com/novaeraattack

GOIÂNIA GANGSTA & SOLDADOS SUBURBANOS, SOM NOVO ( 2008 ) Mr. Da Bomb !!!
.
http://www.4shared.com/file/55818564/85981f0/GOIANIAGANGSTANOVAERAATTACKBRANCOTIPOAmr_da_bomb_.html
.
GOIANIA GANGSTA , “PROVINCIA” 2008 ( SOM NOVO )
.
http://www.4shared.com/file/54084906/b4f5ea2e/PROVINCIA___BRANCO_TIPO_-_A____GOINIA_GANGSTA__2008.html
.
Goiânia Gangsta-Psicopatas Na Rima:

http://www.4shared.com/file/35689145/3a816db/goiania_gangsta__psicopatas_na_rima.html