7 de jun de 2009

Perdendo a inocência - Eron Murta

Perdendo a inocência

Vai estudar garoto,
Onde?
Não sei,
Mas que seja longe.

Pare de roubar jovem,
Não estou roubando,
Estou pedindo,
Desculpe, já estou indo.

Foi você quem matou?
Não, só estava perto,
Ajudo-lhe com complacência,
Mas juro que tenho inocência.

Não me mate cara,
Porque não?
Porque sou inocente!
Eu também fui por toda vida, sabia?
Não!
Verdade, mas ninguém me deu ouvidos,
Agora só estou saindo desta prisão,
Com um tiro em seu crânio,
E arrancando o meu coração.




Eron Murta