23 de abr de 2009

Entrevista com Mano Reco


A VANGUARDA juntamente com o (Blog) MUNDO DO RAP fez uma pequena entrevista com MANO RECO, ex integrante do grupo Detentos do Rap, que hoje segue carreira solo e está lançando o seu DVD (Duplo)

"A verdade dói, não dói? Mas ela liberta" (Mano Reco)



Vanguarda & Mundo do Rap - O CD “A verdade dói , mas liberta” teve uma repercussão esperada por você? Ou foi abaixo?

Reco - Na verdade fiquei surpreso com a repercussão, pois não esperava tantas vidas mudadas através do cd !!!

Vanguarda & Mundo do Rap - Nos fale um pouco sobre o seu DVD? (Se existe alguma participação) Além do DVD, quais são os seus próximos projetos?

Reco - O DVD, na verdade é um sonho, pois depois que me converti passei a sonhar em gritar pro mundo inteiro minha historia, como eu havia conhecido o evangelho, e hoje isso é uma realidade! O poder de Deus nos proporciona trazer a existência o que antes era sonho (aleluia) (gloria Deus).
Nesse DVD, minha mãe narra minha historia e meu amigo Nil Black comenta sobre minha vida, e tem participações muito especiais de; Rapin Hood, DJ Alpiste, Max DMN, Detentos do Rap, Salgadinho, Douglas do realidade cruel, Truty, Esmitih-e (facção central) e outros...

Vanguarda & Mundo do Rap - Existe alguma diferença entre o Mano reco (Detentos do Rap) e o atual?

Reco - O coração o sentimento a forma de pensar de agir, de falar, de tratar à família, as pessoas, a mente melhorou muito...TUDO!

Vanguarda & Mundo do Rap - Quais são suas influências no RAP?

Reco - Du guetto.

Vanguarda & Mundo do Rap - Como você vê o RAP NACIONAL atualmente?

Reco - Desunido demais, dirigido por pessoas não responsáveis, aponto de levar isso como um trabalho, não só uma cultura.

Vanguarda & Mundo do Rap - O Rap gospel é uma vertente do RAP que recebe várias criticas, principalmente por que dizem que se deixa de fazer protesto, o que você acha disso?

Reco - Na verdade tem muita gente de brincadeira no gospel, o nome gospel pra quem não conhece cheira dinheiro mais a culpa é de pessoas que fez com que isso acontecesse, usando o nome pra lavar dinheiro, ou se promover no nome de Jesus, isso é triste mais é uma realidade. Muitos no rap gospel nem conhece a mensagem da cruz, não sabe por que o sangue tem poder, quem foi o Jesus Cristo, acham que pode subir no altar sem santidade como o altar fosse palco,
Atrás de fama, sem conhecimento nenhum, nem sabe que ta atrasando tua própria vida.
Eu protesto hoje contra o pecado, quem disser que não é protesto, desculpa mais ta sendo (BURRO).

Vanguarda & Mundo do Rap - Na canção "quem ta errado" você fala em um momento sobre a sua vestimenta de rapper no meio evangélico. Você ainda sofre algum preconceito dentro da igreja por conta disso? E por parte dos “manos” ?

Reco - Sim, mas a Unção quebra o julgo.

Vanguarda & Mundo do Rap - Você ainda mantém um certo contato com os integrantes do detentos do rap?

Reco - São meus amigos.

Vanguarda & Mundo do Rap - Você tem conseguido atingir o público que gostaria com as suas músicas?

Reco - Sim, mais tem muito mais a ser atingidos.


Vanguarda & Mundo do Rap - Você acha que evoluiu musicalmente nesse último CD?

Reco - Nem tem comparação, hoje é outra idéia (banda) sem perder a essência do rap.

Vanguarda & Mundo do Rap - Como diz numa música sua, você ainda acha que o povo num geral ainda se satisfaz com diversão e comida?

Reco - Sim, a lei que o sistema usa é a lei de Maquiavel, (pão e circo) diversão e comida.

Vanguarda & Mundo do Rap - Como você analisa hoje as músicas que você fez antes de se converter? Elas ainda fazem parte do seu repertório?

Reco - Bom, nunca foi pecado cantar a verdade, algumas eu acreditava ser a verdade e hoje sei que o crime não é a verdade, porem vivia aquela verdade, hoje não vivo mais aquilo, então não cabe mais, tenho uma musica que chama Baseado em fatos reais que ela continua sendo verdade, então faço ela em algumas apresentações.

Vanguarda & Mundo do Rap - Como você acha que o rap nacional vai estar daqui a dez anos?

Reco - Jesus voltará antes [risos] (prefiro não comentar)

Vanguarda & Mundo do Rap - Outro dia estava vendo o DVD do Lázaro, ex-Olodum, agora convertido ao evangelho, e ele dizia que muitos o chamavam de falso crente pelo seu passado. Algo semelhante acontece ou aconteceu com você?

Reco - Sim, muitos não têm coragem de falar pra mim, mas fala por ai, quero que eles saibam que dinheiro eu ganhava era traficando, roubando e fazendo show, não to no evangelho por dinheiro, mais por ter conhecido a verdade, através de um curso de Teologia, hoje um sorriso da minha filha quando brinco com ela vale mais que qualquer cachê de show.


"Quero fazer valer o sangue que foi derramado na Cruz..." (Mano Reco)




www.manoreco.com.br
stúdio e gravadora Mispa
011 4244 3468 contatos "Mano Reco".
Atenção: A entrevista também poderá ser conferida em
www.mundodorap.blogger.com.br