20 de mar de 2013

37 anos com Dina Di.

Três anos atrás o Rap nacional perdia uma importante figura, Dina Di. Quando eu nasci, ela iniciava sua carreira, cantando situações muito parecidas com a que minha mãe passava e ainda passou durante os seguintes anos. Foi uma das primeiras a chamar a responsa, bater no peito e dizer: deixa que eu faço.
Ela abriu caminhos para muitas de nós, sejam eles no meio profissional do Rap, sejam eles em qualquer outra área. 
Que nós nos lembremos sempre de sua vida, de seus conselhos, e que não o façamos apenas no 20 de março como hoje, e nos outros tantos 20 que virão, pois mais importante do que contarmos os anos sem ela, me parece contar aqueles com ela. E embora seu corpo tenha perecido, sua arte, por ser claramente uma pedaço da sua alma, vive.



Aline Lopes.