6 de out de 2012

Felipe Rima lança vídeo da poesia “Meu nome é fome”


Rapper provoca a sociedade, em época eleitoral, com a poesia transformada em vídeo

“Olá, meu nome é fome”. Estes são alguns dos versos da poesia de Felipe Rima, que ganham um vídeo às vésperas das eleições municipais.
Com direção de Pedro Martins, o material audiovisual tem como cenário as ruas de Fortaleza (CE) mostras as faces da fome, que atinge 290 crianças brasileiras diariamente.
Vítima da falta de alimentos na infância, o jovem poeta e rapper faz constantes alusões ao problema, inclusive em seu disco “Entre o Batuque do Coração e a Poesia da Vitória”, lançado em 2011 e que como o próprio nome já fiz, mescla a poesia, as vivências e a música.
Aos 24 anos, Felipe Rima destaca que, para ele, o vídeo é uma forma de cutucar a sociedade poeticamente. “A poesia leva e traz. Por meio dela eu saí de uma situação delicada e por ela eu tive que voltar para evidenciar o que não convém nos dias atuais. Por muitas vezes, tive como prato  a metade de uma garrafa descartável, como cama algumas esponjas de colchão, já revirei o lixo para comer e enfim, eclodi. Mas a luta segue”, enfatiza o jovem artista.