26 de abr de 2011

Mulheres de todo país se reúnem em evento de hip-hop

Frente Nacional de Mulheres do Hip-Hop promove encontro com debates, lançamentos e comemorações



Mulheres de todo Brasil se reúnem, no próximo sábado para discutir estratégias de fortalecimento feminino dentro da cultura hip-hop. Este é o II Fórum de Mulheres do Hip-Hop, que celebra também o lançamento da Frente Nacional de Mulheres no Hip-Hop, uma organização que integra pessoas de todo país em torno da cultura.
Palestras, debates, oficinas, apresentações artísticas e exposições marcam a programação do encontro, que prestará também uma homenagem às mulheres que fazem história dentro do movimento hip-hop.
O evento acontece no Plenário Verde da quadra dos bancários no dia Nacional das Mulheres e segundo Dj Simmone, uma das responsáveis pelo encontro, a escolha do local físico se deu pela fácil localização. “Isso facilitará a participação das mulheres de outras cidades que comparecerão no evento”, pontua.
O local guarda também o histórico de grandes eventos e manifestos. “O que nos faz sentir em casa e prontas para a luta, já que não será um evento apenas de comemorações, mas também de muito debate”, acredita Lunna, também responsável pela organização.
A Frente Nacional de Mulheres no Hip-Hop vêm de uma sequência de lançamentos em outros municípios, como São Carlos, Ribeirão Pires, São Caetano, Rio Grande da Serra e Rio de Janeiro. Segundo Edd Wheeler, presidente da organização, em setembro deste ano deve acontecer um lançamento no Espírito Santo e em janeiro de 2012, o lançamento da Frente no Rio Grande do Sul, durante o Fórum Social Mundial.
Além dos eventos, a FNMH2 está preparando um documentário que deve ser enviado a Ongs e movimentos feministas dos Estados brasileiros, cujo objetivo é entregar ao poder público e incentivar ações na cultura para o público feminino.
O projeto é realizado com apoio do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Estado de Cultura através do programa de Ação Cultural 2010, Comunidade Cultural Quilombaque, Zelma Tranças e tem ainda o apoio do Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região.


Serviço –Mais informações podem ser obtidas através do site www.mulheresnohiphop.com.br, do e-mail mulheres.hiphop@gmail.comou pelos fones (11) 8250-7820 ou (11) 3659-5461

Programação

8h30 - Credenciamento

9h - Abertura com a FNMH2 (Lunna/SP, Aninha/DF e Edd/RJ)

9h15 - Laboratório com Vanessa Soares

09h30 as 10h – Oficina: Africanidades (Tranças e Turbantes)
Cris Moscou e Zelma Tranças


10h as 11h - Oficina de Breaking e DJ (Miwa e Simmone)


11h as 12h - Oficina de MC e Grafite (Rubia e Riska)


12h as 13h - Almoço com intervenção artística (microfone aberto)


13h as 14h – Mesa: Literatura Marginal – Mulher na escrita
Mediadora: Néia Oliveira
Elizandra Souza
Jéssica Balbino

14h as 15h30 –  Violência Doméstica - NÃO se cale
Mediadora: Nereide Rocha
Fabiana Pitanga - Casa Viviane dos Santos/ Força Ativa
Aninha - Atitude Feminina

15h30 as 15h45 - Sharylaine Sil
15h45 as 16h - Ideologia Feminina
16h as 16h15 - The Power Dance
16h15 as 16h30 - Tarja Preta
16h30 as 16h45 - Gözde Pesman
16h45 as 17h - Edd Wheeler
17h as 17h15 - Andreil's B.Girls Crew
17h15 as 17h30 - Odisseia das Flores
17h30 as 17h45 - Art'Culando
17h45 as 18hs - Desfile de tranças e turbantes 

* Homenagens e gravação de DVD