10 de set de 2009

Entrevista com Antraz



Segue aí a entrevista que a VdRN fez com o Antraz, uma entrevista muito interessante que vai de encontro com muitas opiniões (majoritária). Para quem não conhece o Antraz terá a oportunidade pra isso, um cara que nós da VdRN apoiamos bastante, pelo talento, pelo compromisso, pela originalidade (...) e por sabermos que ele sabe onde quer chegar.Confiram a entrevista do nosso parceiro Antraz.


Entrevista:




VdRN - Nos fale um pouco sobre o seu trabalho e sobre os projetos que estão por vir?

Antraz - Salve a todos.
Bom, tenho vários projetos que estão em andamento, o 1° é o meu cd solo, o 2° é o MC x MC e o PEST que está meio parado por problemas AMOROSOS do produtor FnDAF. Mais todos eles irão acontecer e o Público pode esperar sempre a qualidade do conjunto que sempre acompanha o meu trabalho!

VdRN - Quais são suas influências? Dentro e fora da música

Antraz - Eu tenho uma concepção um pouco “diferenciada”em relação a “influencia”
Pra mim ela se divide em 2 partes: O que me fez OUVIR e o que me fez CANTAR.
O que me influenciou a ouvir foi : Racionais Mcs, Wu-tang clan, esses dois.
O que me influenciou a cantar foi : JEDI MIND TRICKS, NECRO, GORETEX, GRAVEDDIGAZ, FLATINERZ e por ai vai.
E fora da música o que mais me influencia é a forma das pessoas lidarem com as coisas. Acontecimentos que normalmente provocariam a ira coletiva, hoje é motivo de chacota de programas de TV . Tenho muita influencia da doutrina espírita, pra mim é uma das poucas coisas que fazem sentido na minha vida. Na minha opinião devemos acreditar naquilo que nos trazem respostas .


VdRN - Em um som seu, você diz “O que sua alma pede, realmente é o que você canta?”, o porque dessa pergunta? Você acha que no RAP tem muita hipocrisia, demagogia... ?

Antraz - Opa, com certeza!!
O Hip Hop é o movimento mais hipócrita que eu já conheci!
O porque da pergunta? Bom, não tem como você cobrar uma coisa do SISTEMA sendo que você não consegue nem fazer uma musica que contenha verdade.
Como ajudar uma pessoa que está passando necessidades, se você não consegue nem alimentar a sua alma?! Aqui em SP tem muito disso. Não basta ter talento e ser um bom MC, você tem que fingir ser amigo do cara que comanda a festa, tem que pagar pra gravar no estúdio do cara, pra quem sabe ele te chamar pra mandar um som na festa dele. É assim que funciona!
Como diz uma pessoa muito influente no rap hoje... “ É SÓ COLAR COMIGO QUE VOCÊ CANTA NA MINHA FESTA”



VdRN - Você é um Mc bem original, contudo, não é o que observamos no Rap nacional. São muitos querendo ser parecido com fulano e/ou ciclano, você concorda com isso? E o por que disso?

Antraz - Obrigado pelo original!!
O ser humano é o único animal no Mundo que possui a capacidade do raciocínio, da inteligência. Mas o que vemos no RAP é o contrário. O cara acha que existe uma formula do sucesso, ai pensa comigo, cada ser humano é individual, tem crenças individuais, cada ser humano tem uma forma de salvar o mundo, mais tudo isso morre porque ele quer ser igual alguém que já mudou. Se ele já mudou quer dizer que não precisamos de outro, precisamos de outra mudança. Entende? O rap é cheio de MANO BROWN, de KAMAU agora vai ter um monte de EMICIDA, e aí? Onde isso vai parar? O MC parece que tem vergonha de ser ele mesmo.

VdRN - O rap tem classe social, Antraz? E aproveitando, como você analisa essa “guerra” social do nosso país?

Antraz - Eu não acredito nisso mano, que tenha uma classe social. Por que o rap é musica, e musica é pra todos !
E essa guerra social, na boa... Na minha opinião, culpa nossa! Meu, se fosse em um Iraque da vida aí, eu queria ver se ia ter essa palhaçada. O Brasil é um pais de mais ou menos 183 milhões de habitantes, imagina cada ser iluminado desse cobrando seus direitos, fazendo valer seu voto? Ia ser diferente... Eu analiso da seguinte forma... O povo é a maioria ,e se o povo quiser, ele muda!

VdRN - Em outro som, você diz “Se não gosta do que eu falo, então não pare para me ouvir”. Você recebe criticas por fazer som diferente? Com isso, você acha que o publico do Rap está acostumado a sempre ouvir as mesmas coisas e por isso criticam algo diferente?

Antraz - Eu falo isso nesse som porque tem gente que ouve o teu som apenas pra falar que ta ruim. O cara já dá o play pensando na opinião que vai dar.
Pra mim os únicos grupos que tem público é RACIONAIS Mcs e FACÇÃO CENTRAL. Ambos sempre irão ouvir a mesma coisa. Não há necessidade de mudança, pois ta dando certo, o público estagnou, parou no tempo.
Mais as criticas desses tipos de pessoas são sempre sem fundamento.
Apenas ... ESSA NÃO É A REALIDADE, TRUTA !

VdRN - Se você pudesse mudar algo no Rap o que seria? E qual a maior qualidade do mesmo?

Antraz
- Se eu pudesse mudar o rap? Eu não imagino essa possibilidade de mudar o rap.
Eu poderia falar talvez em mudar quem está lá em cima. Talvez um espaço verdadeiro em rádios, mais mesmo assim não mudaria porque o rap são as pessoas e o rap é o ser humano, e o ser humano MENTE e ERRA então uma hora ou outra tudo voltaria a ser como é.
A maior qualidade do mesmo? Bom acima de tudo o RAP ainda é livre. Se não fosse talvez, não existiria muitos grupos ai que eu admiro. Existem muitas pessoas maravilhosas que eu conheci por causa do RAP, elas sabem disso. Evolui muito como pessoa, aprendi a conviver com todo o tipo de pessoa por causa do RAP!

VdRN - Você diz que as pessoas com problemas psicológicos precisam ser entendidas, e ao mesmo tempo você faz uns sons nesse estilo... Você tenta de certa forma ser o porta voz desses?

Antraz - Sim, tento ser. Porque eu também tenho, todo mundo tem problemas psicológicos. Se não tivesse, não existiria tantas crenças, tantas teorias, tantas invenções.
Aquele que sabe ouvir um problemático pode entender muitas coisas. Só precisamos de uma oportunidade pra revelar nosso lado insano, isso só não acontece por que todo mundo faz o que é premeditado, o que é escrito, somos muito inteligentes pra seguir regras, visite um sanatório e saberás do que eu estou falando!


VdRN - Em algumas passagem dos seus sons, você cita o nome de Deus... Mas muitos pensam que és ateu. Você crê ou não em Deus?

Antraz - O “pensar” tem uma certa distância de Ser. Ninguém é obrigado a acreditar em nada, porém o ser humano necessita por natureza de uma crença, algo que faça ele preencher a lacuna do sofrimento. Algo que receba a culpa da sua falha, algo que lhe conceda algo sem o esforço do trabalho.
Aí temos várias instituições que oferecem esse “serviço”, temos invenções geniais como DIABO, LÚCIFER, SANTOS, ANJOS... E assim vai. Cabe ao ser humano acreditar ou não..
Mas existem coisas que vale pra todos, independentemente desses seres existirem ou não. Se você não comer, você morre. Se não trabalhar, não vai ter dinheiro e se não estudar não vai ter um bom emprego...E um dia você vai morrer.
E outra coisa, ninguém precisa de religião pra fazer o bem ao próximo.

VdRN - Qual o real motivo de fazer o estilo "Horrrorcore"?

Antraz - O meu motivo é que eu sinto uma necessidade de mostrar essa parte do ser humano. Que existe, mas ninguém revela. O sobrenatural que todo mundo sabe que existe, os assasinatos em série, quem os comete, por que os comete? Eu apenas relato isso, não incentivo. Apenas relato, esse é o meu motivo de se fazer horror. Mostrar o lado insano do ser humano.

VdRN - Em relação a musica, você leva isso a serio de mais ou é puro entretenimento, como você vê isso? Qual sua opinião sobre os temas abordados como canibalismo, necrofilia, incesto, satanismo, depressão, alguns até com um certo tom de "pedofilia" mas claro nada muito explicito, o que você acha sobre isso, mesmo em suas musicas sendo sempre mais sobre satanismo?

Antraz - Eu falo do que eu dou conta. Não adianta nada o cara falar de crime, e trabalhar a semana inteira pra folgar no domingo. Não adianta nada o cara fazer um som sobre o jack stripador e vomitar assistindo faces da morte. Pra falar de horror você tem que ter o horror na sua vida, você tem que se sentir “bem” com aquilo, ou pelo menos admirar o horror ou a mente de quem o faz. Os assuntos abordados? Bom, o nome do estilo já diz HORROR = HORROR CORE= Núcleo, centro (...) Então não importa do que o cara fale, o importante é que tenha horror no som dele. Como eu disse, cada um fala sobre o que quiser, no fim pagaremos nossos atos e palavras.
Bom, na realidade as MINHAS MUSICAS nem abordam tanto o SATAN... São mais sobre depressão. Nos sentimos bem falando sobre isso.
Tem gente que num fala e é mais satanista do que a gente !!

VdRN - Como você enxerga o nosso sistema carcerário hoje? Você acha realmente que lá um ser humano pode ser regenerado?

Antraz - Eu enxergo da seguinte forma, você não pode matar e nem roubar se não vai preso meu chapa. Entretanto, muita gente rouba e mata e não ta preso. Mais para o pobre não tem choro, nem vela, já estamos sendo vigiados desde o inicio.
Pobre não tem chance de errar, a cadeia serve pra isso, pra pobre que erra e em algumas exceções pra pobre que não erra também.
Como que um ser vai se regenerar se ele não tem a liberdade pra fazer isso?
O ser humano só se regenera quando ele vê a “CAGADA” que ele fez, isso serve pra qualquer coisa. O cara matou, manda ele ir pro velório da família da vitima que ele tirou a vida, manda ele trabalhar pra pagar a prestação do carro da vitima, manda ele cuidar do filho da vitima, manda ele viver a vida da vitima...

VdRN - Espaço totalmente aberto para falar o que quiser:

Antraz - Quero agradecer a VDRN por essa oportunidade de mostrar meus pensamentos, Agradecer á todas as pessoas que acreditam no que eu faço.
A cada um de vocês eu agradeço de coração por ouvir a minha música, acreditem eu faço isso de coração.
Quero agradecer também a todos os grupos de rap que passam diariamente pelo myspace..e escutam o que tem lá.
Agradeço a todos os meus parceiros, vocês são pessoas com as quais eu me identifico muito. E com quem eu fiz e farei meus melhores sons!
E agradecer a todos aqueles(as) que de uma forma ou de outra escutam o que eu tenho pra falar, pois elas sabem o que a musica representa na minha vida.
Mandar um recado a todos os mcs que estiverem lendo isso...
Não queiram ser MANO BROW, EDUARDO ou EMICIDA, sejam vocês, façam o que vocês tem vontade de fazer, cantem o que vocês tem vontade de cantar.
Façam o que a sua alma pede, com certeza vocês terão sucesso!
O rap nos da á liberdade que precisamos pra ser nós mesmos, não há regras, não há lei !!


www.myspace.com/homemantrax
www.myspace.com/antrazbeats

PAZ a quem quiser!


Download de música:

"A TEMPESTADE", CLIQUE AQUI